quinta-feira, 10 de julho de 2008

Curas e loucuras normais, formais... ais!

[aspas]

O
excesso de falta de tempo nos toma o que escrever, nos toma a criatividade e nos toma!
Escrevo aqui quando me solto de mim, quando me perco de mim, quando me acho... de mim.
E até tinha tempo que não me sentia cheio de vazio, cheio nada, mas alguma coisa que faço - juro que não sei o que é! - me rende uma tonelada de lágrimas que teima em pesar os olhos, e, assim, acabo por magoar a quem tanto me faz bem. Acabo por fazer chorar quem tanto me faz rir, e o pesar que me esmaga os olhos se ergue aos ombros.

Já nem me importo se o mundo gira, mas me importo com o que o faz girar...
Essa melancolia até fede, e desmonta-me...

Curas e loucuras normais? Ora, francamente, vida!



[e quem quer saber?]





[aspas]

2 Comentários:

Às 10 de julho de 2008 16:52 , Blogger Aline Lima disse...

'tudo é uma questão de manter: a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranqüilo'...

:0*

 
Às 12 de julho de 2008 13:16 , Blogger Carola. disse...

aplausos!

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial